Seja bem-vindo ao Elizabeth Olsen Brasil, sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Elizabeth Olsen, mais conhecida por sua atuação em Os Vingadores. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Navegue no menu abaixo e divirta-se com todo o nosso conteúdo. Esperamos que goste e volte sempre!
últimos álbuns da galeria de fotos. confira!

Arquivo de 'Sorry For Your Loss'



postado por EOBR e categorizado como Entrevistas, Sorry For Your Loss, WandaVision
03.10.2019

Durante a primeira semana de divulgação da segunda temporada de Sorry For Your Loss, websérie de drama protagonizado por Elizabeth, a atriz compareceu aos estúdios do programa ‘Jimmy Kimmel Live!‘, na última terça-feira (01), para a gravação de uma entrevista inédita. Olsen falou sobre a nova temporada da série, arte conceitual de WandaVision e mais. Confira abaixo:

Este post será atualizado em breve com o vídeo legendado.

postado por EOBR e categorizado como Entrevistas, Sorry For Your Loss
29.04.2019

É difícil assistir Sorry For Your Loss sem fazer comentários.

A série é protagonizada por Elizabeth Olsen interpretando a Leigh, uma jovem viúva que navega pelas consequências emocionais após a morte de seu marido, Matt, interpretado por Mamoudou Athie. Do dramaturgo Kit Steinkellner, a série estreou no outono passado, como parte do Facebook Watch. Sem surpresa, dada a plataforma, a experiência de visualização inclui a capacidade de ver comentários de outros espectadores. E embora na maior parte do tempo tenha passado despercebido, a maneira que o programa explorou o luto, depressão e vício foi bem-sucedida entre os críticos, e pareceu ressoar com os telespectadores se os comentários fossem alguma indicação.

Comentários como: “Obrigado por nos dar toda a esperança de que ainda há uma vida a levar quando você sente que nunca vai ficar bem ou “tão feliz que há uma série espalhando sensibilização para essas situações!”

Olsen e Athie recentemente concederam uma entrevista no estúdio de vídeo da L.A Times e falaram sobre como os temas da série mudaram as suas formas de pensar e como eles abordam o assunto na vida cotidiana.

“Eu acho que todo mundo tem alguém em sua vida que sofre de depressão em alguma forma”, disse Athie. “Definitivamente mudou a maneira como eu interagi com alguns dos dos meus amigos e familiares — [agora eu o faço] com muito mais generosidade.”

Olsen, que também é produtora executiva da série, acrescentou que isso a torna mais relutante quando se trata de falar sobre morte ou sobre aqueles que já faleceram, referindo-se ao livro de memórias do Joan DidionO Ano do Pensamento Mágico“, que fala sobre o luto pelo seu marido, o falecido Gregory Dunne.

“Acho que isso foi a coisa que realmente mudou em minha vida: envolver-me em uma conversa sobre alguém que já se foi”, disse Olsen. “Através desta pesquisa, compreensão e leitura — especialmente em ‘O Ano do Pensamento Mágico’, Joan Didion fala sobre a distância da morte se tornando menos específica. E ela queria a especificidade. Ela não queria que se transformar nessa memória nebulosa e onírica que é tudo é bom. Ela queria todos os detalhes. E essa era a coisa que ela estava com tanto medo que desaparecesse. Então, as pessoas querem falar sobre sua situação, eu acho. E saber disso foi algo novo para mim.

E depois de uma temporada que capturou a aparentemente impossível tarefa de seguir em frente após uma grande perda, Elizabeth disse que espera que os telespectadores possam esperar algum progresso através do luto quando a série voltar.

“Nós estávamos realmente inspirados pelas segundas temporadas [de outras séries], disse ela, observando que os escritores da série começaram a trabalhar na segunda temporada há cerca de um mês. “Espero que mantenhamos as pessoas surpresas e interessadas… Queremos ter mais atividade. Queremos que seja mais impulsionada este ano. É feito com a microexperiência do luto e agora se trata de se mover e fazer mudanças — mudanças grandes e ruins e todas essas coisas.”

Confira o vídeo completo da entrevista abaixo: